Falando sobre Growth Hacking no encontro promovido pela Vindi!


Sou Robert Sena da Silva profissional de SEO – Search Engine Optimization desde 2012. Iniciei minha carreira com no Marketing Digital fazendo um pouco de cada área como Links Patrocinados Google AdWords, SEO, Social Media e “quebrava um galho como Frot-End era literalmente um eu Marketing Digital. mas isso fez eu me tornar uma profissional mais completo e pensar além das oportunidades To change this standard text, you have to enter some information about your self in the Dashboard -> Users -> Your Profile box. Saiba mais


Rate this post

Se tem um assunto que vem agitando o já efervescente mundo do marketing digital é o Growth Hacking. A metodologia de marketing desenvolvida por Sean Ellis que impulsionou o crescimento do Dropbox (empresa a qual Ellis trabalhava!) é tema recorrente de artigos e eventos. Um destes foi oi, Let’s Talk About Growt Hacking, promovido pela Vind empresa especializada em pagamentos on-line realizado em 08 de março.

Comandado pela Jana Ramos, head of growth da Vindi, o encontro reuniu nomes como Rodrigo Dantas, CEO e primeiro growth hacker da Vindi, Gabriel Costa membro do RD Station, Bernardo Jaber da Xerpa e Matheus Guerra do aplicativo 12 minutos conversaram sobre o que é, perfil e importância do growth hacker no marketing digital. Eu também estive lá e apresentei um case de sucesso. O evento da Vindi sobre Growth Hacking da Vindi foi didático e inspirador, confira os melhores momentos.

Conceito de Growth Hacking

Gabriel Costa abriu o evento apontando as palavras-chave do Growth Hacking: processos e experimentos. Para ele, as duas representam a porta de entrada do sucesso para os negócios. Mas, Bernardo Jaber afirma que a paciência tem papel fundamental. Ele compara o Growth Hacking a quem está em um “projeto fitness”, pois, tanto em um como em outro não há resultados imediatos.

Perfil do profissional

O growth hacker precisa conhecer técnicas de marketing, programação e psicologia do consumidor. Encontrar alguém com todos esses conhecimentos é o principal desafio na contratação do profissional. Segundo Costa, o ideal é criar uma equipe que reúna pessoas com habilidades diferentes, mas, com os seguintes pontos em comum: radar ligado para identificar o que pode ser melhorado e curiosidade. Ainda sobre o profissional de growth hacking Rodrigo Dantas apontou que o growth também pode ser usado para atrair talentos.

Onde aplicar

Jaber acredita que o growth deve ter vários olhos para captar as necessidades de todas as áreas. Ele revelou que como a Xerpa está com foco no crescimento, o growth hacking é aplicado no marketing. Já Matheus Guerra revelou que no aplicativo 12 minutos, o foco é marketing e produtos. O tópico terminou com uma reflexão de Costa sobre Vale do Silício. Ele explicou que nesse celeiro de grandes startups, o growth hacking mira os produtos.

Cases de sucesso de growth hacking marketing

Agora é hora de mostrar experimentos que deram certo. O caso da ação da Vindi no RD Summit 2016 foi apresentado por Jana e Dantas. A empresa de pagamentos digitais escalou um sósia do ator americano Johnny Depp para circular no evento com uma bandana da Vindi. Esse anúncio ao vivo rendeu cliques dos fotógrafos presentes no evento e o nome da empresa ganhou grande visibilidade

Otimizando Campanhas com o Básico  

Outra caso apresentado foi pelo participante Robert Sena, ele contou que quando estava cuidando do marketing digital de um buffet infantil. Os funcionários ferozmente ansiosos buscavam os resultados no Google a toda hora, o que atrapalhava a obtenção de resultados na estratégia de marketing digital que havia elaborado. A solução que encontrei foi bloquear o IP da empresa, decisão que resultou na melhoria das taxa de conversão e economia de R$200 mensais em Google Adwords. Para fechar minha participação nesse encontro sobre growth hacking compartilhei uma dica que também deixo para vocês!

“SEO demora a obter resultados. No começo invista em Google Adwords, mas aproveite para selecionar as palavras-chave que convertem para depois trabalhá-las em SEO”.seo

Outros assuntos e outros palestrantes

A enterpise da Vindi Amanda Cassola falou sobre aumento de receita com features da própria empresa. Já Juliana Assunção, criadora da Rank my App uniu-se a Matheus Guerra apresentaram suas vivências em Retenção.

Artigo original

Let’s talk about Growth Hacking: como foi o encontro organizado pela Vindi

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinyoutubevimeoby feather